Behind Business  (BB) - Depois de todo este tempo como empreendedor, desenvolvendo o teu próprio produto, dirias que és um super empreendedor ou um super-engenheiro?


Michaël - A verdade é que, no início, pelo menos, o lado de engenheiro leva a melhor, mas o lado empreendedor tem que assumir o comando. É difícil abandonar o lado da engenharia mas, ao mesmo tempo, pode ser uma armadilha criar um produto e não validá-lo corretamente; por isso é preciso aprender que é necessário validá-lo primeiro e só depois aprimorá-lo. Portanto, empreendedorismo primeiro e engenheiro por último - às vezes o engenheiro ainda consegue o melhor de mim. Resumindo: faça-o funcionar, faça-o bem, faça-o barato.

 

Há quanto tempo te consideras empreendedor?

Bem, aconteceu como na história do Asterix - eu caí por acidente. Basicamente, um amigo meu convidou-me para ser o co-fundador de uma empresa na área da telemática em Portugal, há cerca de 10 anos atrás. Nós fizemos a empresa crescer em 8 anos, depois vendemo-la.

Então você já tem uma saída bem sucedida!

Bem, sim... uma fraca, mas foi uma saída, de qualquer forma. Depois de conseguires fazer isso, tu tendes a tentar fazer isso novamente. Se tiveres os recursos para isso, terás a liberdade que não encontrarás em mais lado algum. É por isso que comecei outro projeto da  minha autoria.

Trabalhavas numa empresa antes disso?

Sim. Eu estava a trabalhar numa empresa, mas durante a crise financeira a empresa demitiu muitas pessoas, e o meu contrato estava a terminar naquele momento. Então, eu fui um dos “sortudos” que foram mandados embora. Depois de ficar desempregado por 3 meses, essa oportunidade de ser co-fundador aconteceu de repente e eu aceitei.

"Às vezes tu deves falhar sozinho para sentires isso e aprenderes devidamente".

Diria que, ao aproveitares essa oportunidade, a tua vida mudou para melhor ou para pior?

Bem... depende para onde se olha, eu diria. No início nunca é para o melhor. Temos de pensar a longo prazo; tu deves estar ciente que todo o sucesso que parece repentino leva 10 anos para ser construido. Os grandes empreendedores fazem com que pareça ser mais fácil do que realmente é. Quando lês a imprensa, tu só irás encontrar os que estão a ter sucesso, e é por isso mesmo que eu gosto desse projeto chamado Fuckup Nights, onde podemos celebrar os fracassos e tirar lições dela. É claro que é difícil aprender com os fracassos dos outros, mas pelo menos tu podes aprender os sinais mais cedo. Às vezes tu deves falhar sozinho para sentires isso e aprenderes devidamente.

Qual foi o fracasso do qual aprendeste mais?

Humm… é difícil... talvez eu ainda não tenha falhado assim tantas vezes.

Nem mesmo aqueles pensamentos chatos como "Eu provavelmente deveria ter feito aquilo em vez disto"?

Claro! Todos os dias! Mesmo que tenhas sucesso, poderia haver algo que pudesses ter feito de forma diferente e, quem sabe, poderia ter-te ajudado a ter sucesso mais cedo.

Qual foi a tua maior aprendizagem até agora?

Eu diria que foi a importância de encontrar as pessoas certas para trabalhar contigo. Esta é uma das minhas conclusões até agora.

Já chega de ser empreendedor a solo?

Inicialmente tentei com alguém com quem achei que estava tudo bem. Eu cometi o erro de ficar muito entusiasmado com o timing, a ideia, o momento e negligenciei as diligência que deveria ter tomado. Eu gostaria que houvesse um método mais fácil para encontrar as pessoas certas com quem se pudesse trabalhar no mesmo projecto. Parece que temos de estar no lugar certo à hora certa. No começo, tu estás focado em desenvolver rapidamente o produto para não perderes o ímpeto, mas outras coisas também devem ser feitas, e encontrar as pessoas certas para trabalhar contigo é uma delas. Também pode ser bastante desafiante trazer alguém para o projecto depois que já teres começado. É tão difícil ceder para alguém como integrar bem pessoas a meio do processo.

Kettle on Gas Stove

Kettle on Gas Stove

Engineering Sketch

Engineering Sketch

Pot on Gas Burner

Pot on Gas Burner

Gas Management

Gas Management

Chemical Plant

Chemical Plant

Gas Managment_1

Gas Managment_1

Como é que a sua ideia apareceu? Seguiste algum processo?

Eu não acho que haja um processo claro para gerar ideias inovadoras. No meu caso, foi uma mistura de várias coisas. Há três anos tive uma reunião de negócios com um grande grupo cervejeiro português, enquanto era consultor de uma empresa suíça - nada a haver com o que faço agora, como vês. Eles estavam à procura de uma maneira de reduzir as perdas nos seus barris de cerveja de aço inoxidável. Estavam tentando encontrar uma maneira tecnológica de reduzir essa perda. Lembrei-me de uma solução tecnológica com base em IoT, mas a tecnologia ainda não suficientemente apta naquela época. Entretanto, algumas empresas começaram a fazer isso (vês, é a questão do momentum...) e por isso comecei a investigar em que outras indústrias eu poderia aplicar o mesmo princípio. E aqui estou eu, aplicando o mesmo tipo de princípio à indústria do gás.​

Quantas pessoas seriam ajudadas, potencialmente, com a tua solução, em Portugal?

Se olharmos para as estatísticas, e de acordo com o meu modelo de negócio - assente na ajuda aos pequenos players do mercado de gás engarrafado que pretendem fornecer um serviço diferenciado, meio milhão de famílias seriam afectadas. Em termos de negócio, ainda é um bom mercado e um bom negócio, sendo o valor de mercado de 650M € por ano. Mas, ao mesmo tempo, não quero fazer algo que seja apenas para uma grande empresa fazer dinheiro; eu quero construir produtos centrados no consumidor final, algo com que as pessoas se importem. O producto que eu criei com a Nesto ajuda a lidar com um problema que é irritante para muitas pessoas, e eu fico feliz por poder ajudar a resolver esse problema com o meu conhecimento. Com o meu conhecimento, criei um produto que pode tornar a vida das pessoas um pouco mais confortável.

 

How do you manage uncertainty?

I don't. I can always try to reduce risk... but if you start a company, you will find risk all over the place. So, don't do it if you are not willing to accept a minimum threshold of risk. In my case, I could have stored my money in the bank and not trying to build this but I decided to give it a go. I don't want to look back, 20 years from now, and say “I should have tried”. I don't want to live with regret later on.

What has been your most difficult decision that you have ever made?

Nothing is ringing the bell at this moment but... I would say that if I had to drop my project now, that would be a massive decision and would be really hard for me, after all this time.

What are the values an entrepreneur should have in order to be successful?

 

Resilience.  This is the number one.  If you are very lucky, you will succeed. But you won’t learn that much; if you look at other entrepreneurs, probably they haven't succeeded in the first place, they probably failed a lot. To be able to pick yourself up from your ashes, it would generate in you a great deal of resilience.

Qual seria o teu conselho para aquela pessoa que gostaria de construir algo próprio, como tu o fizeste?

Que não o faça sozinho/a. Faça-o com alguém que esteja pronto para ajudar, para “vigiar as suas costas”; alguém com competências complementares em relação às suas fraquezas. Solo-empreendedor é muito, muito difícil. Na verdade, os investidores geralmente dizem que procuram três coisas principais: equipa, equipa e equipa.

Como vês o mundo daqui a 10 anos?

Tem que ser um lugar melhor! A tecnologia está aqui para ajudar. Infelizmente, nós pensamos sempre nisso com uma mentalidade de “copo meio vazio". Devemos confiar no nosso lado humano para tirar o máximo proveito dessa tecnologia, para nos ajudar. Eu vejo uma tendência: as pessoas preocupam-se cada vez mais com o nosso planeta, com o que estamos a fazer com a tecnologia e estão cada vez mais dispostas a encontrar soluções para os problemas que temos no mundo. Se olhares para as estatísticas sobre a qualidade de vida, em termos médios e mundiaisl, as nossas sociedades melhoraram muito, apesar de todas as más notícias na imprensa sobre a poluição, o aumento da população mundial, a pobreza em algumas partes do mundo, etc. Só temos de não destruir o planeta e, se assim for, ficaremos bem.

Segue-nos

Behind Business Logo Gray-White
  • White Facebook Icon
  • White LinkedIn Icon
  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon
  • White Twitter Icon

Website optimized for Safari and Chrome web browsers in mobile devices.